Menu

Reunião do CMCTI debate políticas de inovação e soberania nacional

O SINTPq recebeu na última sexta-feira, dia 20, os membros do CMCTI - Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campinas para uma reunião em sua sede. Compondo a mesa, estiveram Carlos Passos, representante da prefeitura e primeiro secretário, André von Zuben, vereador e Presidente do Conselho e Austregésilo Goncalves, diretor de ciência e tecnologia do SINTPq e membro do CMCTI.

O encontro teve início às 15h30 e discutiu temas como a programação da Semana Municipal de CT&I, a Lei de Inovação, ações para o fortalecimento do ecossistema de CT&I de Campinas, entre outros tópicos. A reunião também contou com palestra sobre o Techno Park, apresenta por José Luiz Guazzelli, gestor de projetos imobiliários, infraestrutura e comercialização do parque.

Com 524.000 m² e mais de 60 empresas, o Techno Park é um dos principais polos de desenvolvimento tecnológico da cidade. Na visão de Guazzelli, estruturas como essa, aliadas com políticas públicas eficientes, são fundamentais para o desenvolvimento e soberania nacional. “Nós temos uma lição de casa e podemos construir um novo cenário, garantindo que o Brasil tenha a sua soberania conquistada pelo conhecimento, hoje nós não temos”, avalia.

A dependência tecnológica vivida pelo Brasil tem reflexo no perfil das exportações, como demonstrado pelo palestrante. “Na pauta de exportação, vemos a tendência extraordinária de cada vez mais commodities, sem agregar valor. O café em saca é vendido à US$ 2,29/kg. O Nespresso nos é vendido a US$ 80,00 porque agregou valor. ”

“Precisamos transformar conhecimento em produto e agregar valor a esse produto. É preciso estancar a forte tendência de desindustrialização no Brasil”, concluiu Guazzelli alertando para cenário preocupante vivido pela CT&I e pela economia nacional.

O evento foi transmitido ao vivo na página do SINTPq no Facebook. O conteúdo na íntegra já está disponível e pode ser conferido no link.

voltar ao topo