Menu

Amazul: Assembleias acontecem nos dias 30 e 31 de janeiro

Os profissionais da Amazul receberam na última semana uma proposta de Acordo Coletivo que desrespeitou todo o seu tempo e trabalho dedicados à empresa. Agora, os trabalhadores e trabalhadoras terão a oportunidade de manifestar sua opinião sobre as vergonhosas condições apresentadas.

Nos dias 30 e 31 de janeiro, assembleias serão realizadas nos auditórios das unidades de São Paulo e Iperó, respectivamente. Ambas terão início às 9h.

A contraproposta a ser avaliada foi elaborada seguindo as orientações do Ministério do Planejamento (MP), que pretende pôr em prática a “reforma” trabalhista nas empresas públicas. Além de propor 0% de reajuste, o MP visa retirar uma série de benefícios existentes. Todos os detalhes da contraproposta podem ser conferidos no link.

Enquanto os profissionais da Amazul assistem seus salários sendo congelados, os reajustes na conta de luz, gasolina, gás, e mensalidade escolar batem sempre a casa dos dois dígitos. A redução do poder de compra é evidente e, se os funcionários permitirem, será a realidade dos próximos anos.

Se nem mesmo os direitos já adquiridos estão sendo respeitados, o que os profissionais da Amazul ainda têm a perder? Reflita sobre essas questões e traga suas considerações e sugestões para as assembleias.

O Sindicato é um vetor da vontade dos trabalhadores. A decisão sobre os próximos passos a serem dados está nas mãos de cada funcionário e funcionária da Amazul.

ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES DA AMAZUL NOS MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO E IPERÓ

Pelo presente edital, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Atividades (Diretas e Indiretas) de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia de Campinas e Região - SINTPq, convoca todos os trabalhadores da AMAZUL – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. lotados nos municípios de São Paulo e Iperó para que compareçam nas assembleias gerais extraordinárias que serão realizadas no próximo dia 30 de janeiro de 2018 no auditório do CTMSP – Avenida Professor Lineu Prestes, 2468 – Butantã – São Paulo/SP (para os trabalhadores lotados em São Paulo) e no próximo dia 31 de janeiro de 2018 no auditório do CEA – Estrada Vicinal Sorocaba-Iperó S/N Km 12,5 (para os trabalhadores lotados em Iperó), às 09h00 em primeira convocação e não havendo quórum às 09h30 em segunda convocação, ambas com qualquer número de pessoas presentes para DISCUSSÃO e DELIBERAÇÃO sobre a seguinte pauta: 1) Apresentação da contraproposta da AMAZUL as Reivindicações da Campanha Salarial 2018; 2) Sustentabilidade Financeira do SINTPq; 3) Instauração de Assembleia Permanente; 4) Instauração de Dissídio Coletivo ou Dissídio Coletivo de Greve e; 5) Outros assuntos.

São Paulo, 24 de janeiro de 2018.

Régis Norberto Carvalho
Presidente - SINTPq

voltar ao topo