Menu

Assembleia rejeita contraproposta do CPqD

Quase 350 trabalhadores e trabalhadoras se reuniram hoje, dia 3 de dezembro, para debater a campanha salarial deste ano. Após avaliação da contraproposta apresentada pelo CPqD, a assembleia votou pela recusa das condições oferecidas.

Durante a discussão, os funcionários manifestaram muita insatisfação com a tentativa da empresa de reduzir benefícios, implementando a coparticipação no plano médico, excluindo o adicional de 70% nas férias para os futuros funcionários, entre outros retrocessos em cláusulas históricas.

Para a próxima rodada negocial, os trabalhadores definiram a rediscussão dos itens que não foram acordados na primeira rodada negocial, além das seguintes posições:

  • • Manutenção do plano médico sem coparticipação para todos os funcionários;
  • • Manutenção do adicional de 70% nas férias para todos;
  • • Abertura de discussão sobre banco de hora e controle de ponto, desde que seja garantida a decisão final dos trabalhadores em assembleia.

A assembleia também definiu as normas da contribuição negocial, que contará com plantão para oposição na sede do Centro.

O SINTPq já solicitou a retomada das negociações e continuará defendendo a categoria contra o desmonte dos seus benefícios.

voltar ao topo