Menu

CPqD: Negociações avançam e nova assembleia deve ocorrer em janeiro

As negociações da campanha salarial 2018/19 foram retomadas na manhã de hoje, dia 19. Após argumentações e diálogo, o sindicato conseguiu viabilizar avanços nas condições oferecidas. Dessa forma, a empresa se comprometeu a manter o adicional de 70% para os futuros funcionários e melhorou sua proposta para a assistência médica.

Mais um ano de isenção na coparticipação foi garantido e, a partir de 2020, 50% dos custos seriam cobertos pelo CPqD. Para isso, seriam colocados pisos e tetos de gastos mensais do Centro com o benefício, visando monitorar a utilização do plano e possibilitar revisões futuras. Com essa mudança, a integralidade da coparticipação para os profissionais ativos seria praticada apenas em 2021.

A direção do CPqD não pretende incluir essas garantias no Acordo Coletivo de Trabalho. Por isso, um documento com esses compromissos e a íntegra da nova contraproposta será redigido pela empresa. Cumprida essa etapa, nova assembleia será convocada em janeiro, antes do fechamento da folha salarial.

É importante lembrar que a contraproposta inicial impunha diferentes retrocessos aos funcionários atuais e futuros. Portanto, a recusa da mesma pelos trabalhadores e a insistência do sindicato nas negociações foram fundamentais para a obtenção de avanços.

No próximo ano, os profissionais do CPqD deverão avaliar as novas condições e decidir o futuro da campanha salarial. Até lá, o SINTPq deseja boas festas e um ótimo 2019 para todos os trabalhadores e suas famílias.

voltar ao topo