Menu

SIDI: Trabalhadores recusam proposta e querem retomada das negociações

Com expressiva votação contrária à contraproposta da empresa, os profissionais do SIDI deixaram claro que não aceitarão condições insatisfatórias no Banco de Horas e nos benefícios. A rejeição foi deliberada em assembleia nesta segunda-feira, dia 21, após avaliação das condições apresentadas.

Os trabalhadores e trabalhadoras presentes definiram os seguintes pontos para fechar o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), incluindo o Banco de Horas:

  • • Acesso do sindicato ao balanço mensal do Banco de Horas (com números totais, e não individuais);
  • • Pagamento de horas extras nas viagens (sem inclusão em Banco de Horas);
  • • Vale Refeição no valor de R$ 820,00;
  • • Aumento para 5% no percentual da empresa na Previdência Privada;
  • • Teto de 20 horas no Banco;
  • • Concessão de mais quatro meses de prazo para compensação das horas quando o trabalhador estiver em débito;
  • • Limite de duas horas em Banco também aos sábados;
  • • Incluir na carta compromisso sobre o bônus um prazo para apresentação de resposta.

O sindicato já está solicitando o agendamento de novas reuniões negociais. A expectativa é de que as tratativas sejam retomadas o quanto antes. Neste processo, será fundamental para o SINTPq seguir contando com o apoio e participação dos funcionários e funcionárias.

Debata a campanha salarial com seus colegas, compartilhe as informações e ajude o sindicato tornando-se sócio. Quando mais associados e associadas, mais forte é a representatividade e, consequentemente, o poder de negociação do SINTPq.

voltar ao topo