Menu

Mulheres do SINTPq participam de ato no Dia da Mulher

Oito de março foi dia de mobilização das mulheres nas ruas de Campinas. As diretoras do SINTPq, Filó Santos, Katiucia Zanella e Priscila Leal, estiveram presentes representando o SINTPq, junto com os dirigentes Celso Lacroux e José Paulo Porsani.

Com o mote "Pela vida das mulheres; Por democracia e direitos; Em defesa da previdência; Meirelle Vive", a manifestação teve início às 17h, com concentração no Largo do Rosário. A partir das 19h, o ato saiu em passeata pelas ruas do centro de Campinas.

Não faltaram palavras de ordem e discursos que deixaram claro que luta pela equidade de gênero seguirá firme e cada vez maior. A diretora Filó Santos discursou durante a manifestação e criticou as recentes posições do presidente Jair Bolsonaro.

"Como mulher repudio todas as declarações machistas do Bolsonaro. Como sindicalista, repudio a reforma da previdência apresentada pelo governo, que ataca com mais violência a aposentadoria da mulher e, com mais crueldade ainda, a aposentadoria das trabalhadoras de baixa renda. Não é coincidência o alto índice de feminicidio em 2019 e o início do governo Bolsonaro, isso é consequência de suas declarações misóginas, machistas, homofóbicas e racistas. Pela vida das mulheres, pela liberdade da mulher ser o que quiser, por aposentadoria digna e por nenhum direito a menos, vamos a luta", destacou Filó.

A diretora Priscila Leal também se pronunciou e chamou a atenção para a falta de mulheres em posições de comando no setor de pesquisa e tecnologia e na sociedade em geral: "Se nós mulheres somos maioria, por que não estamos nos espaços de poder? Por que não estamos decidindo?".

voltar ao topo