Menu

Amazul em greve! Assembleias e mobilizações começam na quinta-feira (21)

Após discussão nas assembleias da última semana, por unanimidade, os trabalhadores e trabalhadoras da Amazul rejeitaram a proposta de 0,8% de reajuste. Em seguida, foi aprovada a realização de greve a partir de 21/03.

Além de um reajuste digno, esse movimento exige respeito ao trabalho de cada profissional, que deixa seus familiares diariamente para dedicar horas de sua vida a um projeto tão importante para o Brasil.

Em troca de seu empenho, os funcionários têm recebido anos de defasagem salarial e ameaça de retirada de benefícios. Se o Governo Federal e a Amazul preferem seguir com essa postura, deverão estar cientes que os trabalhadores estão dispostos a lutar.

A greve deste ano precisa ser ainda mais forte que a de 2018, que completou um ano em 13/03. Os resultados concretos daquele movimento provam que é possível vencer novamente.

ORIENTAÇÕES PARA A GREVE

• Ao chegar no local de trabalho, não entre. Permaneça na portaria do CTMSP e CEA. Assembleias serão realizadas às 9h;
• Se desejar, traga alimentos e itens que facilitem a permanência nos locais, como cadeiras dobráveis;
• Estaremos em assembleia permanente, discussões e deliberações serão feitas durante a paralisação;
• A greve é um direito constitucional. Não ceda à eventuais intimidações;
• Denuncie intimidações ou perseguições ao Sindicato. As devidas providências legais serão tomadas;
• O SINTPq estará presente com faixas, carros de som e a devida estrutura;
• Converse com seus colegas de trabalho sobre a importância da adesão à greve.

 

voltar ao topo