Menu

Resposta da FUSP frustra negociação e nova assembleia será marcada

Após duas reuniões de negociação e algumas tentativas junto aos negociadores da FUSP de tentar sensibilizar a direção da Fundação, o resultado da contraproposta apresentado é, no mínimo, frustrante.

A proposta de recomposição inflacionária nos salários e no auxílio creche não atende às necessidades básicas dos funcionários, uma vez que os valores mínimos dos benefícios de Vale Alimentação e Refeição não terão nenhum reajuste.

Não existe também por parte da direção da FUSP a sensibilidade de praticar a Licença Maternidade de 180 dias e a Licença Paternidade de 20 dias.

O discurso que os projetos não têm a previsibilidade para absorver esse “CUSTOS” é não considerar a importância dos serviços realizados pelas trabalhadoras e trabalhadores alocados nesses projetos.

O Sindicato entende que se esgotaram os caminhos da via negocial uma vez que as considerações e ponderações feitas ao longo da negociação não foram atendidas. Por isso, uma nova assembleia deverá ser convocada.

Envie sugestões de locais para a próxima assembleia até sexta-feira

Para definir a data da próxima reunião entre sindicato e funcionários, o SINTPq precisa definir um local que melhor atenda a todos. Para isso, é importante que os profissionais enviem sugestões respondendo esse e-mail ou pelo WhatsApp do sindicato (19 97416-5418) até sexta-feira, dia 17.

voltar ao topo