Logo
Imprimir esta página

IPT entra com mandado de segurança contra liminar concedida pelo TRT

IPT entra com mandado de segurança contra liminar concedida pelo TRT

Indo na contramão dos anseios e necessidades dos trabalhadores e trabalhadoras do IPT, o departamento jurídico do instituto entrou com mandado de segurança visando caçar a liminar solicitada pelo sindicado e concedida pelo desembargador Rafael Pugliesi, do TRT-SP.

Esse é mais um artifício jurídico imposto pelo Governo do Estado para que não seja pago o que é dos ipeteanos por direito. O mandado de segurança foi distribuído à Cadeira 2 do Órgão Especial, cujo relator é o Desembargador Eduardo de Azevedo Silva.

O desembargador Pugliesi será intimado a defender sua decisão. O relator também pode solicitar manifestação do SINTPq, pois o sindicato é o terceiro interessado. Após as devidas manifestações, a questão será julgada por meio de decisão monocrática ou decisão do pleno.

Os departamentos jurídicos do IPT e do sindicato estão acompanhando de perto a situação. Os trabalhadores e trabalhadoras serão informados tão logo haja qualquer novidade.

© 2014 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR - PANDORA SOL