Menu

Negociações de 2019 conquistam resultados positivos na categoria

Apesar das dificuldades enfrentadas neste ano, causadas pela atual crise econômica e pelos ataques do Governo Federal aos direitos dos trabalhadores, o SINTPq conseguiu garantir resultados positivos nas campanhas salariais da categoria.

Por meio de muito diálogo com os trabalhadores e argumentação com as empresas, foi possível obter aumentos reais nos salários e melhorias nos benefícios em boa parte das negociações. Resultados como esse, em meio ao atual cenário do país, representam grandes vitórias para o sindicato, pois melhorias nas condições de trabalho garantem mais qualidade de vida para os profissionais da categoria e suas famílias.

Nos casos em que a via negocial não foi suficiente para garantir os direitos dos trabalhadores, como no IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e na Amazul (Amazônia Azul Tecnologias de Defesa), o SINTPq atuou juntamente com seu departamento jurídico e conquistou a tão importante recomposição salarial.

Para 2020, a expectativa é de que a crise econômica e medidas do governo prejudiciais aos trabalhadores, como a recente MP da carteira verde e amarela, continuem dificultando as negociações. Por isso, é importante que os profissionais da categoria estejam ainda mais mobilizados, participando ativamente das campanhas salariais e tornando-se sindicalizados.

Independentemente das adversidades econômicas e políticas, a equipe do SINTPq seguirá lutando para garantir a manutenção dos direitos e novas conquistas nas empresas da base.

Campanhas Salariais Finalizadas no 2º Semestre

IPCA Data-base Novembro: 2,54%
IPCA Data-base Agosto: 3,22%

Daitan
• 4% de reajuste (1,46% de ganho real)
• Redução no prazo p/ pagamento do Banco de Horas (9 meses)
• Implementação de Auxílio Babá

NXP
• Reajuste escalonado entre 4% e 5,5% (Até 2,96% de ganho real)
• Ampliação da Licença Paternidade p/ 7 dias

CPQD
• 3% de reajuste (0,46% de ganho real)
• Retorno da Uniodonto na Assistência Odontológica
• Dias ponte sem necessidade de compensação

FEALQ
• 4,22% de reajuste (1% de ganho real)
• Assistência Médica com 2 primeiras consultas sem coparticipação

Cargill
• 2,55% de reajuste (INPC)
• Vale Alimentação reajustado p/ R$ 210,00

CNPEM
• 3,22% de reajuste
• Inclusão da Previdência Privada no Acordo Coletivo de Trabalho

IPT
• 4,77% de reajuste
• Manutenção dos benefícios

Fundepag
• 3,22% de reajuste
• Manutenção dos benefícios

Venturus
• 2,54% de reajuste
• Acordo para os dias pontes
• Ganhos reais para alimentação/refeição

voltar ao topo