Menu

Amazul: SINTPq assina prorrogação dos benefícios; Assembleias acontecem na próxima semana

O SINTPq assinou hoje, dia 31, a prorrogação dos benefícios junto à Amazul. Infelizmente, nesta sexta-feira, a empresa depositou apenas 50% dos benefícios, o que não contribui para o andamento das negociações. Com a assinatura da prorrogação, o sindicato enviou correspondência para a Amazul solicitando que os valores restantes sejam pagos em 48 horas.

Outra reunião entre sindicato e empresa já está agendada para o dia 6 de fevereiro. Nesse encontro, serão discutidos os resultados das assembleias de terça e quarta-feira, dias 4 e 5.

O objetivo do SINTPq é seguir buscando acordo pela via negocial. O desembargador Rafael Pugliesi, que presidiu a mediação realizada nesta semana, afirmou que as portas do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) estão abertas para a continuidade das tratativas.

Para que esse processo tenha sucesso, a participação de todos nas assembleias é fundamental. Nelas, os trabalhadores avaliarão a nova contraproposta da empresa, de 2,24% de reajuste salarial, e a continuidade do estado de greve. Participe:

Assembleia em Iperó | Dia 04/02 às 9h | Auditório do CEA*
Assembleia em São Paulo | Dia 05/02 às 9h | Auditório do IPEN

ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES DA AMAZUL NOS MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO E IPERÓ

Pelo presente edital, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Atividades (Diretas e Indiretas) de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia de Campinas e Região – SINTPq, convoca todos os trabalhadores da AMAZUL – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A lotados nos municípios de Iperó e São Paulo para que compareçam nas assembleias gerais extraordinárias que serão realizadas no próximo dia 4 de fevereiro de 2020 no auditório do CEA – Estrada Vicinal Sorocaba-Iperó S/N Km 12,5 (para os trabalhadores lotados em Iperó) e no próximo dia 5 de fevereiro de 2020 no auditório do IPEN – Avenida Professor Lineu Prestes, 2242 - Butantã – São Paulo/SP (para os trabalhadores lotados em São Paulo), às 09h00 em primeira convocação e não havendo quórum às 09h15 em segunda convocação, ambas com qualquer número de pessoas presentes para DISCUSSÃO e DELIBERAÇÃO sobre a seguinte pauta: 1) Avaliação, discussão e deliberação da proposta da empresa para assinatura do acordo coletivo data-base 01 de janeiro de 2020; 2) Havendo recusa na proposta da empresa: Deliberação de greve e autorização para instauração de dissídio coletivo e 3) Outros assuntos.

Campinas, 31 de janeiro de 2020.

José Paulo Porsani
Presidente SINTPq 

voltar ao topo