Menu

Amazul apresenta (finalmente) aos funcionários a tabela de reembolso para BAS

Nesta semana, a Amazul apresentou as mudanças no benefício de assistência saúde, que passará para a modalidade de reembolso. Novamente, a empresa insiste em não abrir negociação com o sindicato e quer impor sua vontade mesmo sabendo que existe um Acordo Coletivo vigente que, por força de uma liminar, garante a continuidade do PAMSE. Essas ações, tomadas sem a devida preocupação com a opinião e as reivindicações dos seus trabalhadores, terão consequências e os gestores poderão ser responsabilizados.

Na visão do SINTPq, as condições apresentadas para o reembolso não são satisfatórias, pois não estão previstas formas de reajustes anual do reembolso, o que pode levar a uma rápida desvalorização do mesmo. A empresa também se recusa a discutir uma tabela que possa ser mais justa do ponto de vista salarial, ou seja, quem ganha mais deveria receber menor valor de reembolso. Os maiores salários estão, na sua maioria, acima de 50 anos e um plano de saúde compromete menos a renda dessas pessoas.

Nos próximos dias, o sindicato avaliará as medidas possíveis para garantir um benefício que realmente seja de acordo com os interesses dos funcionários. É importante lembrar que o mesmo é garantido pelo Acordo Coletivo de Trabalho vigente, em sua cláusula sétima, e também pelo art. 4º do Decreto nº 7.898, de 01 de fevereiro de 2013.

E você, trabalhador e trabalhadora da Amazul, como avalia a proposta da empresa para a assistência médica? Sua opinião será importante para que o SINTPq possa agir de acordo com os interesses dos funcionários.

voltar ao topo