Menu

CNPEM: Reunião entre sócios discutirá Campanha Salarial na próxima terça-feira (20)

  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O SINTPq convoca todos os sócios que atuam no CNPEM para uma reunião que discutirá a Campanha Salarial 2014/2015. O encontro será realizado no dia 20 de janeiro, às 11:30 da manhã. O local definido foi o Auditório do LNLS – Piso superior do prédio administrativo do LNLS, localizado na própria empresa.

Participe da reunião e ajude a definir os rumos da Campanha Salarial. Sua opinião é importante para nós.

Leia mais ...

SINTPq manifesta confiança na gestão de Aldo Rebelo à frente do MCTI

  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação ficará sob o comando de Aldo Rebelo (PCdoB) durante o segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff. Formado em jornalismo e deputado federal por cinco mandatos consecutivos, entre 1989 e 2011, Rebelo esteve à frente do Ministério do Esporte de 2011 a 2014.

A trajetória de Aldo Rebelo como deputado e ministro é marcada por uma postura de diálogo e conciliação. Em 2005 foi eleito presidente Câmara dos Deputados prometendo abrir mais espaço ao Colégio de Líderes e aos presidentes de comissões. Rebelo deixou a presidência da Câmara em fevereiro de 2009.

Sua postura ponderada e experiência para negociar com diferentes grupos permitiu que o novo ministro fosse indicado, entre 2003 e 2007, para comandar a Secretaria de Coordenação Política e Relações Institucionais do Governo, órgão responsável pela condução do relacionamento do Executivo com o Congresso Nacional e os partidos políticos.

O SINTPq acredita que Aldo Rebelo fará uma boa gestão à frente do MCTI, sendo capaz de desenvolver projetos de interesse do setor tecnológico e à sociedade como um todo. De acordo com o diretor do sindicato, Paulo Porsani, a expectativa é de uma dinamização nas ações do ministério: “Espero que o novo ministro atue pelo descongenciamento das verbas do MCTI e consiga avançar nas discussões com as entidades representantes do setor”; avalia.

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS