Menu
Acontece

Acontece (606)

Mundo mobile: Venha debater essa nova realidade e suas tendências

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Você já imaginou como seria a história da Chapeuzinho Vermelho adaptada para a nossa realidade atual? Já pensou o que mudaria na velha narrativa dos Irmãos Grimm se Chapeuzinho carregasse um smartphone durante o seu passeio pela floresta, se o caçador pudesse localizá-la rapidamente e se os lobos estivessem conectados? O próximo encontro promovido pelo Café SINTPq abordará essa nova versão da história, debatendo como o cenário de crescente mobilidade digital afeta nossas vidas.

Quem nunca levou uma bronca dos pais, companheiros(as) ou amigos por não sair do smartphone? Esse assunto literalmente está na mão de todos e será tema de debate livre e aberto a toda comunidade no dia 6 de julho, nas novas instalações do SINTPq. O evento começa às 18h30 com um “comes e bebes” oferecido aos presentes.

A partir das 19h, tem início a atividade conduzida pela palestrante Virgínia Duarte, MBA em gestão empresarial, mestre em Sociologia e com créditos de doutorado em Políticas Científicas e Tecnológicas, além de ex-gerente da Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro), onde atuou realizando pesquisas e ministrando palestras sobre tendências tecnológicas, novos modelos de negócios, mercado de trabalho e ecossistemas digitais.

Venha conhecer as possibilidades da comunicação mobile, suas tendências de negócio e impactos na sociedade. A iniciativa é uma parceria entre Sindicato e TIC em Foco, site especializado na produção e disseminação de dados e informações sobre tecnologia, inovação e comunicação, além da promoção de eventos e debates relacionados ao tema (www.ticemfoco.com.br).

Reserve um horário em sua agenda, manifeste interesse em nosso formulário e venha conhecer mais sobre essa tendência tecnológica e de mercado.

Sobre o Café SINTPq
O Café SINTPq tem como objetivo abordar e difundir conhecimentos científicos e tecnológicos com a sociedade, mostrando como o trabalho dos pesquisadores interfere diretamente no cotidiano das pessoas. Nas edições anteriores, o Café SINTPq abordou temas como Software Livre, Impressão 3D, Biocombustíveis e Tecnologias Assistivas.

Agende-se

Data: 06/07
Horário: Café 18h30 | Palestra 19h
Local: Auditório do SINTPq. Av. Esther Moretzshon Camargo, 61, Parque São Quirino - Campinas-SP

Leia mais ...

SINTPq devolve contribuição sindical para sócios do CTC e NXP na quinta-feira (22)

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Na próxima quinta-feira, dia 22 de junho, o SINTPq realiza a devolução da contribuição sindical aos seus associados do CTC (Centro de Tecnologia Canavieira), localizado em Piracicaba, e da NXP, sediada em Campinas.

A entrega dos devidos valores acontece na NXP entre 9h e 9h30, na recepção da empresa. No CTC, a devolução também ocorre na recepção, das 10h30 às 11h30.

Se você é sócio, venha retirar a devolução e usufruir de seu benefício. Caso ainda não seja, conheça as vantagens e sindicalize-se!

O SINTPq devolve a parte que lhe é devida do imposto (60%) para estimular a contribuição associativa entre os trabalhadores. A devolução é paga diretamente ao associado. O valor é referente a um dia de trabalho descontado de forma compulsória na folha de pagamento do mês de março.

Leia mais ...

Repressão: Trabalhador e ativista do SINTUSP é preso dentro de campus da USP

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O trabalhador e ativista do Sindicato dos trabalhadores da USP, Zelito, foi levado algemado hoje (14), no carro da Polícia Militar após o almoço por volta do meio dia.

Confira vídeo da prisão arbitrária de Zelito

A força policial Koban - que de acordo com a Reitoria da USP, é uma polícia comunitária - tem atuado dentro da Universidade contra ativistas estudantis e sindicais. No dia 07 de março, durante manifestação de professores e estudantes da instituição contra a aprovação da PEC que prevê a demissão de 5 mil trabalhadores até 2022, a Koban reprimiu violentamente o ato, deixando ao menos cinco manifestantes feridos.

Vários trabalhadores tem denunciado a ação da Policia Militar, que há algumas semanas vem atuando nas entradas de acesso da São Remo para a USP enquadrando e revistando pessoas negras. Mais uma vez se evidencia o caráter seletivo da Polícia Militar e da Koban, que não poupa esforços para reprimir estudantes e funcionários ativistas.

Com informações da Esquerda Diário

Leia mais ...

SINTPq fecha convênio com universidade UNIP e garante desconto para sócios

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

A Universidade Paulista – UNIP é a mais nova parceira do SINTPq em sua rede de conveniados. A partir de agora, os trabalhadores associados ao Sindicato e seus dependentes terão direito a desconto de 10% nas mensalidades dos cursos de graduação (bacharelados, licenciaturas ou tecnológicos) e pós-graduação, nas modalidades presencial ou a distância.

A UNIP é a maior universidade privada brasileira, sediada em São Paulo, com unidades espalhadas por todo o estado. A instituição atua também na Educação a Distância (UNIP EaD) e conta com mais de 600 polos de apoio presencial.

Para utilizar o convênio, basta solicitar um voucher pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Se você é sindicalizado e sua universidade ainda não é nossa conveniada, entre em contato conosco através do e-mail acima e solicite uma parceria. Além de instituições de ensino, os sócios do SINTPq podem sugerir convênios em qualquer estabelecimento ou serviço que utilizarem. Feito isso, o Sindicato buscará firmar acordos que garantam benefícios aos associados.

Além desta parceria, o SINTPq possui uma série de convênios com escolas de idiomas, hotéis, agências de viagens, academias, seguradoras e muitos outros. As opções são muitas e todas oferecem descontos e vantagens aos sócios do Sindicato.

Acesse a página de convênios no site do SINTPq e confira as mais de 30 opções disponíveis.

Leia mais ...

CNPEM abre seus laboratórios para visitas e atividades no dia 1º de julho

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) comemora os 30 anos do seu Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) no dia 1º de julho com uma série de atrações para todas as idades. Os quatro Laboratórios Nacionais do Centro estarão de portas abertas e haverá também estações de atividades, exposições, palestras informais, food trucks e muito mais.

O evento será mais uma edição do “Ciência Aberta”, atividade gratuita promovida pelo CNPEM com o objetivo de divulgar sua atuação e levar a ciência e pesquisa para a sociedade de forma recreativa.

No ano passado, mais de 3.500 pessoas participaram do evento, que contou com visitas guiadas às instalações do LNLS, espaço dedicado à manipulação de microscópios, praça de alimentação, brinquedos para recreação infantil, além da presença do Caminhão Oficina Desafio, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Acompanhe o site do evento para ver as novidades.

Que tal aproveitar para conhecer um pouco mais do LNLS, laboratório que está comemorando 30 anos e será o tema do “Ciência Aberta” deste ano?

O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron é responsável pela operação da única fonte de luz síncrotron da América Latina. O espaço possui hoje 17 estações experimentais, chamadas linhas de luz, que permitem a execução de experimentos em diversas técnicas de análise microscópica da matéria usando radiação infravermelha, ultravioleta e raios X.

Todos os anos, as instalações do LNLS beneficiam cerca de 1200 pesquisadores brasileiros e estrangeiros, comprometidos com mais de 400 estudos que resultam em aproximadamente 200 artigos publicados em periódicos científicos. O laboratório também desenvolve parcerias com a indústria nacional em pesquisa, desenvolvimento e inovação nas áreas de energia, produtos químicos, farmacêuticos e outros.

Conheça mais sobre o LNLS em sua página na internet e agende-se para visitar o laboratório no dia 1º de julho!

Foto e informações: Divulgação CNPEM

Leia mais ...

SINTPq realiza duas excursões durante o mês de agosto; confira as opções!

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Qual foi a última vez que você fez um passeio inesquecível? Passar bons momentos com a família e amigos é o que nos dá forças para encarar a rotina do dia a dia. Pensando nisso, o SINTPq está organizando duas excursões pra lá de animadas para o mês de agosto. Vale lembrar que os passeios são abertos para qualquer trabalhador da base assim como seus familiares. Confira abaixo os roteiros completos e as formas de pagamento.

A primeira delas é a Rota do Vinho, na cidade de São Roque/SP. Como o próprio nome sugere, a Estrada do Vinho é uma rota que corta boa parte da cidade e que abriga, ao longo do caminho, cerca de 18 produtores de vinhos locais, adegas e empórios. Todas as vinícolas são abertas à visitação e fazem degustações de vinhos, queijos, embutidos, doces e toda gama de produtos ali fabricados.

A visita, programada para o dia 12 de agosto (sábado), inclui um  passeio pelas  principais vinícolas da cidade, além de um delicioso almoço em uma tradicional churrascaria do município. E para finalizar, uma visita à famosa fábrica de vinhos Góes.

Data: 12 de agosto
Saída: 6h00 da sede do SINTPq em Campinas
Retorno: 19h00 aproximadamente
Período de Inscrição: 7 a 26 de junho
Número mínimo de participantes necessários: 13
Valor p/ sócio do SINTPq: R$ 170,00 por pessoa. Crianças até 4 anos: R$ 105,00. De 5 a 17 anos: R$ 130,00
Valor p/ não sócio: R$ 170,00 + R$ 50,00 (taxa de reserva) por pessoa. Crianças até 4 anos: R$ 105,00 + R$ 50,00 de tx de reserva. De 5 a 17 anos: R$ 130,00 + R$ 50,00 de tx de reserva.
Formas de pagamento: Boleto bancário ou parcelado no cartão de crédito via PagSeguro

Está incluso no pacote:
- Transporte ida e volta - Vinicola Palmeiras - Vinícola Góes - Ingresso p/ passeio pela fábrica de vinho Góes - Almoço na Churrascaria Chama Sul - Vinícola Canguera - Destilaria Stoliskoff - Adega Bela Aurora

 


A segunda opção para o mês de agosto é um final de semana inesquecível no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), super indicada para os apaixonados por aventura. O Parque, localizado na cidade de Iporanga/SP, é considerado hoje um patrimônio da humanidade reconhecido pela UNESCO. Abriga a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil e mais de 300 cavernas naturais.

São tantas coisas para conhecer nesse passeio que um único dia não seria o suficiente, por isso, estamos programando o tour para o final de semana do dia 26 e 27 de agosto. No pacote de viajem estará incluso visita ao parque, alimentação em ambos os dias, hospedagem, além de uma emocionante descida de Bóia Cross no Rio Betari para finalizar o passeio com aquele gostinho de quero mais!

Data: 25 a 27 de agosto
Saída prevista: 20h00
Retorno previsto: após às 18h00
Período de Inscrição: 7 a 26 de junho
Número mínimo de participantes necessários: 13
Valor p/ sócio do SINTPq: R$ 600,00 por pessoa. Crianças até 5 anos: R$ 540,00.
Valor p/ não sócio: R$ 600,00 + R$ 50,00 (taxa de reserva) por pessoa. Crianças até 5 anos: R$ 540,00 + R$ 50,00 de tx de reserva. OBS: O passeio não é recomendado para crianças menores de 4 anos.
Formas de pagamento: Boleto bancário ou parcelado no cartão de crédito via PagSeguro

Está incluso no pacote:
- Transporte executivo ida e volta - Seguro Viagem - Lanche de Trilha - Hospedagem em quarto compartilhado ou casal - Equipamentos de segurança para a trilha - 2 cafés da manhã - 1 Almoço - 1 Jantar - Guia local - Bóia Cross - Entradas do parque - Acompanhamento monitores JTB Trekking e Turismo

 

Leia mais ...

SINTPq participa de 5º Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Promover o trabalho de mulheres referência na inovação nacional e debater a participação feminina no setor. Esses foram os principais objetivos do 5º Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia, realizado entre os dias 2 e 3 de junho, na Faculdade de Tecnologia Senac Goiás, em Goiânia-GO.

O tema deste ano foi “Construindo o Futuro Digital”, no qual profissionais de tecnologia compartilharam experiências em high-tech, gênero e sustentabilidade. Entre os temas debatidos, estiveram Ativismo, Redes Sociais e Cidadania na era digital; Carreira em TI; Empreendedorismo feminino e Tecnologia; Liderança e soft skills; entre outros.

Pelo terceiro ano consecutivo, o SINTPq participou do evento sendo representado por sua diretora de Políticas Públicas, Filó Santos. Após acompanhar diferentes palestras e debates, Filó avaliou que ainda são necessários muitos avanços para que a real igualdade de gênero seja alcançada no setor.

“Se por um lado os relatados ouvidos me mostraram mulheres empoderadas, que encaram de frente a cruel sociedade machista patriarcal, por outro lado, pouco avançamos na tão necessária mudança cultural. Colocar o homem no seu devido lugar, eliminando sua pseudo-superioridade, seria o início dessa mudança”, comenta a diretora do SINTPq.

Filó ressalta ainda que o trabalho conjunto é o caminho para as desigualdades sejam superadas: “O homem também é responsável pelas mudanças. Devíamos caminhar lado a lado. Na insistência da superioridade masculina sobre as mulheres, a humanidade retrocede, ao invés de avançar”.

O Encontro foi organizado pelo coletivo /MNT (Mulheres na Tecnologia), grupo que atua desde 2009 pelo empoderamento e ampliação de mulheres na área de tecnologia da informação e desenvolvimento.

Leia mais ...

Microsoft inaugura Centro de Inovação em Campinas

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

A Microsoft inaugurou na quarta-feira, 31, na cidade de Campinas, o novo Microsoft Innovation Center, centro de inovação da empresa desenvolvido em parceria com o Instituto Eldorado, centro de pesquisa que integra a base de representação do SINTPq. A abertura do espaço faz parte das comemorações de 18 anos do Instituto, que terá ampliação da infraestrutura tecnológica e iniciativas de aceleração de Startups.

Este é o sexto MIC criado no Brasil, primeiro em São Paulo. Os outros ficam em Fortaleza (CE), Recife (PE), Belo Horizonte (BH), Curitiba (PR) e Porto Alegre (POA). Os MICs são difusores locais de tecnologias inovadoras que apoiam e fomentam o ecossistema de desenvolvedores, industrial e de startups, acelerando o uso de novas tecnologias e ampliando a competitividade do setor no cenário internacional. Além disso, contribuem para o empreendedorismo, uma vez que são pontos de encontro entre empresas, academia, empreendedores e desenvolvedores de novas tecnologias em geral.

Segundo o diretor de Inovação da Microsoft, Alessandro Jannuzzi, a inauguração é resultado de uma parceria bem-sucedida entre a empresa e o Instituto Eldorado. Ele ressalta que o espaço servirá de estímulo para a criação de ideias inovadoras. “O apoio à educação e o estímulo ao empreendedorismo estão entre nossas prioridades, porque acreditamos que ambos são os alicerces para o desenvolvimento do país”, comenta Jannuzzi.

“Para o Eldorado, ser um Innovation Center da Microsoft é de especial importância para promover o acesso à tecnologia de ponta, gerar inovação aplicada desde o início da carreira do jovem em uma Universidade até sua caminhada rumo ao empreendedorismo e ao sucesso profissional”, acredita Jaylton Ferreira, superintendente do Eldorado.

O MIC Campinas conta com uma área exclusiva de 42 m2 e uma área compartilhada do Instituto Eldorado com mais de 1.500 m2, envolvendo salas de reuniões, auditório, área de coworking, lanchonete e restaurante. O ambiente exclusivo comportará, presencialmente, até 20 pesquisadores.

O espaço é totalmente equipado com dispositivos multimídia para áudio e videoconferência, Smart TVs, equipamentos modernos de projeção interativo e notebooks. Para suporte ao desenvolvimento e prototipagem, o MIC conta com kits de robótica, Surface Book, dispositivos Windows Phone, além de toda uma infraestrutura de equipamentos de foto e vídeo voltados à geração de conteúdos técnicos para a comunidade. 

Com informações de Assessoria de Imprensa Microsoft
Fotos: Divulgação

 

Leia mais ...

Feira em São Paulo apresenta novas tecnologias para pessoas com deficiência

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Um carro acessível, que proporciona autonomia total para motoristas usuários de cadeiras de rodas, é um dos produtos para pessoas com deficiência que estão sendo apresentadas, de hoje (2) a domingo (4), na 15ª Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech), na São Paulo Expo, localizada na Rodovia dos Imigrantes, na capital paulista.

Além do carro. estão sendo mostrados um dispositivo que possibilita alinhar a prótese com mais perfeição, um joelho biônico à prova d'água e um espaço para equoterapia, método que utiliza o cavalo como agente motivador para ganhos físicos e psicológicos.

Nesta edição, a feira conta com 300 expositores e espera atrair 52 mil visitantes. Segundo dados da organização do evento, com base na Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência (Abridef), produtos e serviços voltados para esse setor movimentam um mercado de R$ 5,5 bilhões por ano.

Entre os produtos que estão sendo lançados este ano na feira está a Lysa, um cão-guia robô. “A ideia surgiu quando fui professora de uma escola pública. Lá eu dava aula de robótica e uma aluna me falou: 'professora, e se fizéssemos um cachorro?'. Comecei a imaginar para que ele serviria e pensei que poderia ajudar muita gente. Comecei a entrevistar uma aluna, que tinha deficiência visual, para me falar sobre as dificuldades do dia a dia e ela me contou que eram os objetos aéreos. Grande parte dos deficientes visuais tem cicatriz no rosto porque a bengala não pega esse obstáculo”, contou Neide Sellin, 37 anos, fundadora da empresa Vixsystem, responsável pelo robô. O cão-guia robotizado, segundo ela, foi produzido por uma equipe de pesquisadores e contou com recursos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O cão-guia robô detecta os obstáculos e avisa os deficientes visuais sobre essas dificuldades, por meio de mensagens sonoras tais como “objeto à frente” ou “obstáculo à direita”. Ele pesa em torno de 2,5 quilos, é portátil, equipado com sensores e tem uma bateria recarregável, que dura em torno de oito horas. A Lysa, explicou Neide, é totalmente autônoma. “O usuário não a empurra. Ela anda sozinha. Ela tem motores que andam à frente do usuário. Ela encontra os obstáculos e vai desviando deles”, explicou. A cão-guia Lysa custa hoje R$ 6,95 mil.

Segundo Neide, o cão-guia robô vem suprir uma necessidade, principalmente porque há poucos cães-guias no Brasil. “No Brasil, há 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual e apenas 100 cães-guias”, disse ela, em entrevista à Agência Brasil.

Cadeira infantil
Ana Paula, 3 anos, filha da fisioterapeuta Fernanda Cristina Teixeira, 35 anos, foi a inspiração para que ela e o marido desenvolvessem uma cadeira de rodas infantil, bem próxima ao chão, permitindo que a criança pegue seus brinquedos e explore o ambiente. “Temos uma filha que, aos 8 meses, teve uma lesão medular e começamos a ver que ela estava em uma fase em que não conseguia se deslocar e era primordial começar esse tipo de deslocamento, até mesmo para seu aprendizado. Começamos a procurar e não existia nada no Brasil desse tipo. Então, resolvemos botar a mão na massa para fazer uma cadeira, um carrinho, ou algo que pudesse atender às necessidades dela”, contou.

A cadeira, da empresa que eles criaram, a Fly Children, é voltada para crianças de 1 a 4 anos que tenham deficiência motora, principalmente no membro inferior, ou doenças que acarretem dificuldades para que ela fique em pé ou sentada, sem apoio. A cadeira é feita em espuma de poliuretano e pesa em torno de 8 quilos.

“A criança toca sozinha a cadeira. Ela tem a capacidade de tocar com os braços ou com as mãos porque é uma cadeira leve, de fácil manuseio. Nossa ideia não é que os pais empurrem a criança, mas que ela tenha essa independência e possa se deslocar pela casa”, explicou. A cadeira custa R$ 1,5 mil e, a cada venda, Fernanda doa uma para alguma família de baixa renda.

Agência Brasil / Elaine Patrícia Cruz
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Leia mais ...

Fiocruz substitui 90% de Aedes aegypti por espécie modificada em projeto-piloto

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O projeto Eliminar a Dengue: Desafio Brasil, conduzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), conseguiu chegar a 90% de sucesso na substituição de mosquitos Aedes aegypti comuns por outros que não conseguem transmitir dengue, zika e chikungunya.

O projeto-piloto, que faz parte do programa internacional Eliminate Dengue: Our Challenge, liberou mosquitos infectados com a bactéria Wolbachia na localidade Ponto Final, no bairro de Jurujuba, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. A bactéria é natural e existe em outros insetos, e no Aedes aegypti tem a capacidade de impedir a transmissão das doenças.

A bactéria é retirada da mosca da fruta e inoculada no ovo do Aedes aegypti para que o mosquito se desenvolva com a Wolbachia em seu organismo de forma intracelular. Os mosquitos modificados são liberados no ambiente e, com o tempo, a população de insetos é naturalmente substituída, de forma gradual, pelos que não têm condição de transmitir os vírus. “Significa que 90% dos mosquitos daquela área têm redução na capacidade de transmitir as doenças. O mosquito continua lá, mas não vai transmitir dengue, zika e chikungunya”, disse o pesquisador da Fiocruz Luciano Moreira, que lidera o projeto no Brasil.

A substituição dos mosquitos ocorre com o cruzamento entre eles, segundo o pesquisador, com a transmissão da bactéria pela fêmea aos seus filhotes. “Para os mosquitos com Wolbachia se estabelecerem, a gente precisa que, por um tempo, a gente faça a soltura e eles vão procriando e cruzando com os mosquitos do campo e isso faz com que a bactéria seja passada para os seus descendentes e vá aumentando em número até chegar a um tempo quem que não precisa mais soltar”, acrescentou.

O projeto também está sendo desenvolvido em Tubiacanga, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, onde, segundo o Moreira, vem obtendo resultados semelhantes aos registrados em Niterói. “Fizemos liberações de mosquitos de agosto de 2015 até janeiro do ano passado. Desde de janeiro, a gente parou de soltar mosquitos e faz o monitoramento. Toda semana vai a campo, coleta os mosquitos nas armadilhas e vê se estão positivos para a Wolbachia. A gente viu que a porcentagem foi aumentando ao longo do tempo e hoje cerca de 90% dos mosquitos estão positivos. Pensando que faz mais de 15 meses que não soltamos mosquitos ali, é um grande sucesso”, destacou.

Jurujuba e Tubiacanga foram escolhidas para mostrar que a técnica é eficaz em diferentes ambientes. “Tubiacanga é mais urbana e Jurujuba tem mais floresta perto. A gente queria mostrar que os mosquitos com Wolbachia conseguiam se estabelecer em diferentes situações”, disse Moreira.

Expansão
De acordo com o pesquisador, os mosquitos modificados estão sendo liberados em mais dois locais de Niterói: São Francisco e Charitas, e a ideia é expandir, em junho, para os bairros Cafubá, Jacaré, Jardim Ibuí, Piratininga, Santo Antônio e Camboinhas, na Região Oceânica do município. Pelos cálculos da Fiocruz, a iniciativa ajudará a proteger mais 32 mil habitantes dessas doenças.

Para o segundo semestre, a intenção é espalhar os mosquitos em mais áreas da Ilha do Governador, chegando também a outros bairros do Rio, que ainda serão escolhidos. De acordo com o pesquisador, devem ser beneficiados mais de 2 milhões de habitantes. “Tudo é feito juntamente aos municípios. A gente tem parceria com as secretarias e o plano é feito em comum acordo pensando também na incidência de dengue, na presença de mosquitos, o processo que ocorre na cidade e na cobertura do Programa de Saúde da Família”, disse.

Segundo a Fiocruz, o protocolo da fase de expansão do Projeto no Brasil foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) após rigorosa avaliação sobre a segurança para a saúde e para o meio ambiente.

O projeto tem apoio do Ministério da Saúde e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, com contrapartida da Fiocruz. Cabe às secretarias de Saúde de Niterói e do Rio de Janeiro, como parceiros, fornecer pessoal e logística. O projeto também tem recursos internacionais da Fundação Bill & Melinda Gates, via Universidade Monash (Austrália), e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

Agência Brasil/Cristina Indio do Brasil

Foto: Pref. São Paulo

Leia mais ...

“O produto vendido pelo Facebook é o próprio usuário”, afirma coordenador do CTI em palestra no SINTPq

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Desvendar as mudanças sociais causadas pelos novos meios de conexão em rede e suas perspectivas para o futuro. Esse foi o objetivo do Café SINTPq realizado na noite de ontem, dia 25, no auditório do Sindicato.

O debate foi conduzido pelo palestrante Claudio Romanelli, Coordenador Geral de Tecnologia da Informação do CTI Renato Archer, Mestre em Desenvolvimento Humano e Tecnologias, graduado em Engenharia Elétrica e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Em sua fala, Romanelli narrou o processo de desenvolvimento das redes digitais, iniciado na década de 1980, e chamou a atenção para a forma como as atuais empresas do setor garantem seu lucro com as informações dos usuários, que são vendidas sem consentimento para o mercado.

“Uma corporação como o Facebook dispõe um serviço gratuito, como ganham dinheiro com isso? Qual o produto que vendem? O produto vendido é o próprio usuário. Quando as pessoas pensam estar recebendo algo de graça, aceitam tudo”, comentou o palestrante.

As suspeitas de manipulação nas eleições presidenciais norte-americanas feita por hackers via redes sociais também foram abordadas por Romanelli. Segundo ele, países em que o poder econômico influencia diretamente o processo eleitoral e, por consequência, os cidadãos não escolhem seus candidatos através do debate de ideias e propostas, estão sujeitos a manipulações externas da opinião pública.

O evento foi transmitido ao vivo pela página do Sindicato no Facebook e seu conteúdo já está disponível na íntegra, confira.

A atividade foi resultado de uma parceria entre SINTPq e TIC em Foco, site especializado na produção e disseminação de dados e informações sobre tecnologia, inovação e comunicação, além da promoção de eventos e debates relacionados ao tema (www.ticemfoco.com.br).

Sobre o Café SINTPq
O Café SINTPq tem como objetivo abordar e difundir conhecimentos científicos e tecnológicos com a sociedade, mostrando como o trabalho dos pesquisadores interfere diretamente no cotidiano das pessoas. Nas edições anteriores, o Café SINTPq abordou temas como Software Livre, Impressão 3D, Biocombustíveis e Tecnologias Assistivas.

Leia mais ...

Vestibular da Fatec Americana está com inscrições abertas para cursos em tecnologia

  • Publicado em Acontece
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

A Fatec de Americana/SP está com inscrições abertas para seu vestibular de inverno. Os interessados têm até as 15h do dia 12 de junho para se inscrever. As provas serão aplicadas no dia 2 de julho.

 São oferecidos cursos tecnólogos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Jogos Digitais, Gestão Empresarial, Têxtil e Moda, Segurança da Informação, Produção Têxtil, e Logística. 

Para se inscrever é necessário certificado do Ensino Médio ou ter concluído o curso até a data da matrícula.

Acesse a página do vestibular para obter mais informações sobre os cursos e fazer sua inscrição.

Confira os cursos oferecidos:

Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Manhã - 40 vagas
Tarde - 40 vagas

Gestão Empresarial
Manhã - 40 vagas
Tarde - 40 vagas
Ensino a Distância - 20 vagas

Jogos Digitais
Noite - 40 vagas

Logística
Manhã - 40 vagas
Noite - 40 vagas

Produção Têxtil
Noite - 40 vagas

Segurança da Informação
Manhã - 40 vagas
Noite - 40 vagas

Têxtil e Moda
Manhã - 40 vagas

Leia mais ...
Assinar este feed RSS