Menu
Noticias

Noticias (3576)

Sindicato inicia celebrações dos seus 30 anos de história e trabalho

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Este ano que se inicia é especial para o SINTPq e para a categoria. No dia 13 de novembro, a entidade completará 30 anos de trabalho em prol dos profissionais da ciência, pesquisa e tecnologia. Para celebrar esse importante marco, uma série de atividades serão desenvolvidas ao longo do ano.

Eventos comemorativos já estão sendo organizados e terão suas datas e detalhes divulgados em breve. Parte das atividades será aberta à categoria, que terá a oportunidade de conhecer melhor sua entidade representativa. Outras ações serão dedicadas aos sócios do sindicato, que receberão merecidas homenagens por seu fundamental apoio ao SINTPq durante toda a sua trajetória.

Um minidocumentário institucional também está sendo produzido. O objetivo da produção é apresentar a história do SINTPq, seu atual trabalho e as perspectivas e objetivos para o futuro. O vídeo será lançado em breve, com exibição nos eventos e divulgação em plataformas online.

Outro foco desse importante marco será a ampliação do quadro de sindicalizados. No ano passado, o SINTPq conseguiu avançar nesse ponto, mas o índice ainda está aquém do ideal. Para 2020, as metas são ainda maiores e, para alcançá-las, diferentes campanhas já estão em planejamento.

Eleição entre os associados definiu logo comemorativo

Para celebrar suas três décadas de história e trabalho, o SINTPq elaborou dois logos comemorativos. As duas versões foram apresentadas em canais de comunicação exclusivos para os associados, que puderam avaliar cada uma delas e votar.

O modelo escolhido obteve ampla vantagem (94 votos a 14) e foi apresentado na última confraternização do sindicato, dedicada aos sindicalizados e realizada no dia 30 de novembro, no Hotel Fazenda Estância Atibainha.

Confira algumas fotos que fazem parte da história do SINTPq: 

Diretores do SINTPq e da ASSIPT se reúnem, em 1993, e dão início à representação sindical no IPT
Representantes do SINTPq e da Assipt reunidos em 1993
 
Greve no CPqD, em 1996, após descumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho
 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre
Greve realizada no IPT em 1994
 
Manifestação com profissionais do IPT em 2017
 
Greve na Amazul em 2018
Leia mais ...

Negociações de 2019 conquistam resultados positivos na categoria

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Apesar das dificuldades enfrentadas neste ano, causadas pela atual crise econômica e pelos ataques do Governo Federal aos direitos dos trabalhadores, o SINTPq conseguiu garantir resultados positivos nas campanhas salariais da categoria.

Por meio de muito diálogo com os trabalhadores e argumentação com as empresas, foi possível obter aumentos reais nos salários e melhorias nos benefícios em boa parte das negociações. Resultados como esse, em meio ao atual cenário do país, representam grandes vitórias para o sindicato, pois melhorias nas condições de trabalho garantem mais qualidade de vida para os profissionais da categoria e suas famílias.

Nos casos em que a via negocial não foi suficiente para garantir os direitos dos trabalhadores, como no IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e na Amazul (Amazônia Azul Tecnologias de Defesa), o SINTPq atuou juntamente com seu departamento jurídico e conquistou a tão importante recomposição salarial.

Para 2020, a expectativa é de que a crise econômica e medidas do governo prejudiciais aos trabalhadores, como a recente MP da carteira verde e amarela, continuem dificultando as negociações. Por isso, é importante que os profissionais da categoria estejam ainda mais mobilizados, participando ativamente das campanhas salariais e tornando-se sindicalizados.

Independentemente das adversidades econômicas e políticas, a equipe do SINTPq seguirá lutando para garantir a manutenção dos direitos e novas conquistas nas empresas da base.

Campanhas Salariais Finalizadas no 2º Semestre

IPCA Data-base Novembro: 2,54%
IPCA Data-base Agosto: 3,22%

Daitan
• 4% de reajuste (1,46% de ganho real)
• Redução no prazo p/ pagamento do Banco de Horas (9 meses)
• Implementação de Auxílio Babá

NXP
• Reajuste escalonado entre 4% e 5,5% (Até 2,96% de ganho real)
• Ampliação da Licença Paternidade p/ 7 dias

CPQD
• 3% de reajuste (0,46% de ganho real)
• Retorno da Uniodonto na Assistência Odontológica
• Dias ponte sem necessidade de compensação

FEALQ
• 4,22% de reajuste (1% de ganho real)
• Assistência Médica com 2 primeiras consultas sem coparticipação

Cargill
• 2,55% de reajuste (INPC)
• Vale Alimentação reajustado p/ R$ 210,00

CNPEM
• 3,22% de reajuste
• Inclusão da Previdência Privada no Acordo Coletivo de Trabalho

IPT
• 4,77% de reajuste
• Manutenção dos benefícios

Fundepag
• 3,22% de reajuste
• Manutenção dos benefícios

Venturus
• 2,54% de reajuste
• Acordo para os dias pontes
• Ganhos reais para alimentação/refeição

Leia mais ...

SINTPq completa 30 anos em 2020

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Com o fim de 2019, ano marcado por muitos desafios superados, o SINTPq se prepara para a chegada de uma importante marca. Em 13 de novembro de 2020, o sindicato completará 30 anos de trabalho em defesa dos profissionais em pesquisa, ciência e tecnologia.

Durante essas quase três décadas, não faltaram momentos de dificuldade, mas todos eles foram superados pela seriedade e dedicação empenhada por todos que fizeram parte do time SINTPq ao longo de todos esses anos.

Para celebrar esse aniversário especial, diferentes atividades já estão sendo planejadas e colocadas em prática. Além de comemorações, o SINTPq deseja que 2020 seja marcado por novas conquistas e pela chegada de ainda mais associados e associadas. Em 2019, foram aproximadamente 100 novas sindicalizações e 2020 tem tudo para ser ainda melhor.

A direção do SINTPq agradece a todos os trabalhadores e trabalhadoras que contribuíram com a entidade nesses quase 30 anos, em especial os sindicalizados, e a todos os parceiros que ajudaram o sindicato durante essa longa caminhada.

Leia mais ...

Confraternização SINTPq reúne mais de 500 associados e familiares em dia de lazer

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O dia 30 de novembro foi marcado por mais uma edição da tradicional Confraternização SINTPq. Entre 9h e 17h, sócios e sócias do sindicato puderam compartilhar um dia de lazer e diversão com seus familiares no Hotel Estância Atibainha, em Nazaré Paulista.

Neste ano, a festa contou com mais de 500 participantes, que puderam aproveitar as tradicionais atrações da festa, como a piscinas, recreação e Papai Noel para as crianças, boa comida e o sempre aguardado sorteio de brindes.

Os participantes também puderam conhecer as áreas ecológicas do hotel e aproveitaram o ar limpo, digno de uma reserva na Mata Atlântica. Para os mais corajosos, a festa disponibilizou uma tirolesa com 15 metros de altura e 150 metros de extensão. Outras opções de lazer foram o trenzinho, karaokê, pedalinhos e os amantes da natureza puderam até mesmo conhecer os animais do hotel fazenda.

A confraternização também foi marcada pela apresentação do logo comemorativo de 30 anos do SINTPq, eleito pelos associados em votação. Em 2020, o sindicato completará três décadas de história e, para iniciar os preparativos das celebrações, uma eleição com duas opções de logo foi realizada com os sócios durante o mês de outubro.

Associados e associadas registraram, através das redes sociais, fotos e vídeos dos momentos marcantes deste sábado animado. As imagens do evento já estão disponíveis na página do SINTPq no Facebook.

Confira as fotos da Confraternização SINTPq 2019

A direção do SINTPq agradece aos associados, seus familiares e convidados que participaram da confraternização e tornaram esse dia ainda mais especial. Sem o apoio de cada um dos sócios e sócias do sindicato, seria impossível manter a luta por melhores condições de trabalho e a promoção de momentos de lazer, como o do último sábado.

 

 

Leia mais ...

Acompanhe as novidades das campanhas salariais 2019/20

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Reunião negocial no dia 23/10 contou com representantes do sindicato e da NXP

Venturus: Trabalhadores e trabalhadoras do Venturus aprovaram na segunda, dia 16/12, a proposta oferecida pela empresa. O novo Acordo Coletivo de Trabalho estabelece reajuste em salários de 2,5350%, ganhos reais no vale alimentação e vale refeição, além de um novo acordo para os dias ponte. 

Eurofins: A contraproposta da Eurofins foi rejeitada pelos funcionários em assembleia no dia 5/12. Com isso, as negociações serão retomadas em busca de melhores propostas.

FEALQ: Os profissionais da FEALQ aprovaram a contraproposta da empresa e encerraram a campanha salarial 2019/20. A decisão foi votada em assembleia na manhã de ontem, dia 28 de novembro. O novo Acordo Coletivo de Trabalho garantiu 1% de aumento real nos salários e benefícios, totalizando 4,22% de reajuste. 

JAPH: O novo Acordo Coletivo de Trabalho foi aprovado em assembleia no dia 28/11. O acordo estabelece reajuste nos salários e benefícios conforme o IPCA (3,22%). Além disso, a participação financeira dos trabalhadores no custeio do auxílio alimentação e da assistência médica não sofrerá aumento.

NXP: Os funcionários aprovaram no dia 7/11 a contraproposta oferecida pela NXP. Os salários serão reajustados da seguinte forma:

  • • Reajuste salarial de 5,5% para salários até R$ 8.000,00
  • • Reajuste salarial de 4% para salários entre R$ 8.000,01 e R$ 15.900,00
  • • Adicional fixo de R$ 588,00 para salários acima de R$ 15.900,00

Daitan: Trabalhadores e trabalhadoras aprovaram no dia 11/11, a contraproposta oferecida pela empresa. O salário dos funcionários será reajustado em 4%, o que equivale a um aumento real de 1,46% nos salários. Benefícios econômicos serão reajustados do mesmo modo.

Cargill: Os profissionais encerraram em 19/11 a campanha salarial 2019/20. Os salários e benefícios econômicos de todos os funcionários serão reajustados conforme o INPC (2,55%). O vale-alimentação será reajustado para R$ 210,00 mensais e o fechamento do banco de horas fica estabelecido para 31 de janeiro de 2021. 

CPQD: A campanha salarial do CPQD foi encerrada no dia 19/11 com resultados positivos. Como exemplo, é possível citar o reajuste com aumento real nos salários e benefícios (total de 3%), o retorno da Uniodonto na Assistência Odontológica e a manutenção dos dias ponte sem necessidade de compensação.

SIDI: Os funcionários rejeitaram a contraproposta em assembleia no dia 16/12. Na reunião os funcionários definiram as prioridades para as próximas negociações, que serão retomadas em janeiro. 

Leia mais ...

SINTPq promove ações em apoio ao Outubro Rosa

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Com a chegada de Outubro, tem início a maior campanha nacional de combate ao câncer de mama. O SINTPq participa todos os anos desse importante movimento e já providenciou a iluminação de seu prédio na cor rosa. Esse gesto é praticado todos os anos em edifícios de todo o país.

Para levar mais informação aos profissionais da categoria, também foi produzida uma edição especial do SindCast, o podcast do SINTPq, abordando os direitos trabalhistas e sociais dos trabalhadores e trabalhadoras com câncer.

O programa conta com a participação da advogada trabalhista Thaís Cremasco e da diretora do SINTPq Filó Santos, que já venceu o câncer de mama e tem muitas experiências e lições de vida para compartilhar. Para ouvir, basta acessar abaixo ou fazer uma busca por SindCast no Spotify.

 

Eu visto essa camisa

A categoria também poderá participar contribuindo com a 5ª edição da campanha “Outubro Rosa: Eu visto essa camisa”. Para isso, basta enviar fotos com seus colegas de trabalho usando peças de roupa ou adereços na cor rosa para o WhatsApp do sindicato (19 97416-5418). As imagens serão publicadas no Instagram do SINTPq.

Leia mais ...

Data-base novembro: Confira as reivindicações deliberadas em cada empresa da categoria

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O SINTPq está realizando uma série de assembleias para finalizar as pautas reivindicatórias das empresas com data-base em novembro. Esses documentos apresentam as demandas dos trabalhadores e norteiam todo o processo negocial. 

Algumas reivindicações são consenso na categoria, como a recomposição inflacionária e aumentos reais nos salários e benefícios. Entretanto, cada empresa possui necessidades e questões específicas a serem tratadas. Pensando nisso, durante o processo de construção das pautas, o SINTPq visita cada uma delas e conversa diretamente com os trabalhadores e trabalhadoras. Esse empenho do sindicato está sendo reconhecido pela categoria. Prova disso é o fato da cota negocial ter sido aprovada em quase todas as empresas. 

Confira a seguir as reivindicações deliberadas em cada uma das empresas. 

CPqD

  • • Reajuste conforme o IPCA + 3% de aumento real nos salários e benefícios econômicos
  • • Possibilidade de escolha entre Uniodonto e BB Dental na assistência odontológica
  • • Manutenção da antecipação da primeira parcela do 13º salário
  • • Manutenção dos dias ponte sem necessidade de compensação
  • • Manutenção do banco de horas para viagens e deslocamentos

Cargill

  • • Reajuste conforme o INPC + 3% de aumento real nos salários e benefícios
  • • Vale Alimentação no valor de R$ 230,00 mensais
  • • Custeio do CRQ por parte da empresa sempre que o mesmo for exigido ao funcionário
  • • Mudança no fechamento do banco de horas para 31 de janeiro

SIDI

  • • Reajuste salarial conforme IPCA + aumento real de 3%
  • • Manutenção e reajuste dos benefícios (VR, diárias, Auxílio Creche e Vale Combustível)
  • • Aumento no percentual previdenciário para 5%
  • • Licença paternidade de 20 dias
  • • Auxílio Alimentação
  • • Pagamento integral das diárias terrestres
  • • Aumento do Vale Jantar para R$ 35,00 reais

Venturus

  • • Reajuste conforme o IPCA + 3% de aumento real nos salários e benefícios
  • • Auxílio Creche também para os homens
  • • Opção de divisão do valor do Auxílio Creche por mais meses
  • • Assistência médica para todos os funcionários nas mesmas condições do plano oferecido aos gerentes
  • • Reembolso de 100% nas consultas
  • • Possibilidade de trabalho Home Office duas vezes por semana
  • • Abono com o valor mínimo de 50% e teto de 150% do salário
  • • Participação dos Funcionários na construção das métricas do abono
  • • Manutenção do sistema de compensação de pontes e feriados
  • • Adequação e revisão das linhas do transporte fretado

Syntech

  • • Reajuste conforme o IPCA + 3% de aumento real nos salários e benefícios
  • • Estabilidade de um ano para gestantes
  • • Estabilidade de 90 dias para profissionais afastados pelo INSS
  • • Licença maternidade de 180 dias
  • • Licença paternidade de 20 dias

Eldorado

  • • Reajuste conforme o IPCA + 3% de aumento real nos salários
  • • Vale Refeição no valor de R$ 850,00
  • • Auxílio Creche no valor de R$ 500,00 por cinco anos consecutivos (com o limite de seis anos de idade)
  • • Almoço com o tempo mínimo de 30 minutos
  • • Licença paternidade de 20 dias
  • • Aumento de 1 ponto percentual em cada faixa etária da previdência privada

Oxitec

  • • Reajuste conforme o IPCA + 6% de aumento real nos salários e benefícios econômicos
  • • Vale Alimentação no valor de R$ 200,00
  • • Vale Combustível nos mesmos moldes do Vale Transporte
  • • Apresentação de proposta de previdência privada e plano de carreira
  • • Busca de parcerias para benefícios em cursos de inglês, pós-graduação, academias e restaurantes

Daitan

  • • Reajuste conforme o IPCA + 3% de aumento real nos salários e benefícios
  • • Adicional noturno de 25%
  • • Aumento na previdência privada de 4% para 5%
  • • Resgate da contribuição da empresa na previdência privada: 3 anos - 60% | 4 anos - 80% | 5 anos - 100%
  • • Dedução de IR para previdências PGBL
  • • Pagamento do banco de horas a cada 3 meses
  • • Auxilio Babá

Tem dúvidas sobre o conceito a pauta de reivindicações e outros elementos das negociações coletivas? Acesse o link e saiba mais sobre cada termo e etapa do processo.

Leia mais ...

Debate sobre representatividade sindical abre campanhas salariais

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

O SINTPq iniciou as campanhas salariais deste ano discutindo abertamente sua representatividade junto aos trabalhadores e trabalhadoras. Uma ferramenta utilizada neste debate é o Protocolo de Negociação. O documento é uma diretriz que estipula a obtenção de um índice mínimo de sindicalização para que a negociação coletiva seja iniciada na respectiva empresa. O objetivo é garantir um nível de representatividade que justifique a continuidade da atuação do sindicato, pois não havendo interesse dos trabalhadores, a representação coletiva perde o sentido.

Outra alternativa que vem sendo discutida é a aprovação da chamada Cota Negocial, cláusula que determinaria a contribuição de todos os profissionais beneficiados pelo Acordo Coletivo de Trabalho. No mês de junho, em dissídio coletivo de greve, o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15), por maioria de votos, homologou um acordo coletivo que autorizou essa prática.

decisão do TRT foi baseada nos princípios da isonomia, da solidariedade, da boa-fé objetiva e da função social da contratação coletiva. Seguindo os referentes critérios, o tribunal avaliou que não é justo que apenas parte dos trabalhadores contribuam com um trabalho negocial que beneficiou a todos.

Após realizar esse diálogo com os trabalhadores em assembleias, o SINTPq tem aberto prazo para que os profissionais debatam internamente as propostas do Protocolo e da Cota Negocial, além de formularem suas próprias sugestões para a campanha salarial.

Trabalhadores engajados têm prioridade

Profissionais de diferentes empresas já se manifestaram favoráveis ao Protocolo de Negociação e iniciaram um processo de associação ao SINTPq. Esse foi o caso das empresas Fundepag, Fundag e Eurofins, que aumentaram expressivamente seus índices de sindicalização. Em contrapartida, essas empresas tiveram prioridade na agenda do sindicato para realização das negociações e assembleias. Na Fundepag, por exemplo, a campanha salarial já foi, inclusive, finalizada.

Na Amazul, empresa dependente do tesouro e responsável pelo desenvolvimento do submarino nuclear brasileiro, além de registrarem mais de 100 sindicalizações nos últimos meses, os funcionários aprovaram a Cota Negocial em assembleia de formação de pauta. Durante a votação, a grande maioria dos trabalhadores declarou considerar injusto que colegas que não contribuem também sejam beneficiados pela negociação coletiva. Segundo eles, essa situação fere a isonomia, pois juntamente com a igualdade de direitos existe a igualdade de deveres.

Em relação às empresas que ainda não se manifestaram sobre as questões discutidas, seja com o registro de novas sindicalizações ou apresentação de proposta própria, o SINTPq seguirá aguardando o posicionamento dos empregados. A definição desse importante item é fundamental para que as campanhas salariais tenham início.

Leia mais ...

SINTPq abre inscrições para confraternização 2019

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Sócios e sócias do SINTPq, chegou a hora de garantir seu lugar na confraternização 2019! As inscrições podem ser feitas até o dia 4 de outubro. A festa acontecerá no dia 30 de novembro, das 9h às 17h.

Atendendo aos pedidos dos associados, manifestados em pesquisa de opinião, o evento será novamente realizado no Hotel Estância Atibainha, localizado na cidade de Nazaré Paulista. O local conta com diversas atrações, como tirolesa, trilhas ecológicas, piscinas, refeição completa, muita música e atrações recreativas para a criançada e também para os adultos.

Acesse o formulário de inscrição

Visando oferecer comodidade a todos, o sindicato disponibilizará transporte, saindo de Campinas, São Paulo e Sorocaba*, para os sócios que tiverem interesse. Os locais de saída estão disponíveis no formulário de inscrição.

Para que a festa continue viável diante da atual situação financeira do SINTPq, os sindicalizados contribuirão com o valor de R$ 30,00 por pessoa (sócio e dependentes).

Com tantos desafios e adversidades ao longo do ano, nada mais justo e necessário do que um momento de confraternização. Por isso, o SINTPq seguirá trabalhando para promover bons momentos aos associados e suas famílias.

Confira as fotos da edição 2018

*O transporte saindo de Sorocaba está sujeito ao quórum mínimo de 25 pessoas

Leia mais ...

O verdadeiro rombo da Previdência: milhões de contribuintes a menos

  • Publicado em Noticias
  • Escrito por
  • Seja o primeiro a comentar!

Um argumento recorrente dos defensores da “reforma” da Previdência é de que as mudanças são necessárias para a retomada da economia. Era o que se dizia também durante a tramitação da “reforma” trabalhista, que não trouxe de volta os milhões de empregos que chegaram a ser previstos. Os dois casos se relacionam: um dos fatores do chamado “déficit” previdenciário está justamente no fato de que haver menos contribuintes no INSS. Isso acontece em razão do volume de pessoas que perde o emprego ou deixa o mercado formal de trabalho. A conta não fecha.

Conforme o Anuário Estatístico da Previdência Social, o total de pessoas físicas contribuintes para o Regime Geral (RGPS) cai há três anos – os dados vão até 2017. Nesse período, são menos 6,2 milhões de contribuições. O número era de 71,3 milhões em 2014. Caiu para 69,6 milhões no ano seguinte, foi a 66,6 milhões em 2016 e atingiu 65,1 milhões em 2017. Os dados mostram que, considerando o tipo de contribuinte, a maior retração foi registrada justamente entre empregados com carteira assinada: queda de 11,3% em três anos.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE, em dezembro de 2015, do total de ocupados no país, quase dois terços (65,7%) contribuíram para instituto de previdência. Em igual período do ano passado, eram 63,2%. O último dado disponível, de maio, aponta 63,1%.

Informalidade

Em médias anuais, a participação de não contribuintes no total subiu de 35,4%, em 2014, para 36,6% no ano passado. Isso correspondente a aproximadamente 1 milhão a mais de pessoas sem contribuir para a Previdência. O IBGE também apurou recorde na informalidade em 2018, com o menor número número de empregados com carteira da série histórica (pouco menos de 33 milhões) e recorde de trabalhadores sem carteira (11,2 milhões) e por conta própria (23,3 milhões). Números que ajudam a explicar o déficit e mostrar que qualquer sistema previdenciário necessita de um mercado de trabalho aquecido.

O que está longe de acontecer no Brasil. Nota técnica divulgada pela Fundação Anfip de Estudos Tributários e da Seguridade Social (Faets) e da própria Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal), coordenada pela professora Denise Gentil, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mostra que o desemprego e a informalidade, entre outros fatores, deixam o trabalhador longe de uma contribuição regular à Previdência. No caso do trabalhador do setor urbano, a média é de 5,1 parcelas por ano, caindo para 4,7 com as mulheres. O ano-base é 2016. Assim, um trabalhador não consegue sequer contribuir regularmente, aumentando o tempo necessário para se aposentar.

No estudo, os técnicos constatam que as regras da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6, de “reforma” da Previdência, na prática inviabilizam a aposentadoria. “É inescapável concluir que o aumento do tempo de contribuição para 20 anos, exigido pela PEC 6/2019, é impraticável diante da realidade de reconhecida precariedade do mercado de trabalho do Brasil noque diz respeito à informalidade, alta rotatividade e baixos salários.”

Por Redação RBA

Leia mais ...
Assinar este feed RSS