Menu

Comunicação

Festival une bar e ciência em 85 cidades do país

O Pint of Science cresceu exponencialmente. A fórmula do sucesso é simples: bons cientistas, excelente organização e um bar! Sim, o bar pode ser um local para discutir algo tão importante quanto a Ciência e de forma descontraída, sem jargões e mantendo a credibilidade científica para a sociedade. O objetivo do festival é este: derrubar intermediários entre o cientista e a sociedade, estabelecendo um canal direto de conversa.

Entretanto, a organização é complexa. Por trás do festival há uma equipe nacional de 10 pessoas, sete coordenadores regionais, os coordenadores dos municípios participantes e ainda os coordenadores de cada estabelecimento que recebe o festival. São voluntários, muitos estudantes de pós-graduação e envolvidos com na área científica das melhores Universidades do país com o objetivo de explicar para a população como a Ciência funciona e suas novas descobertas.

Neste ano o festival acontece em 24 países e o Brasil é o campeão, com 85 municípios. Os temas continuam diversos: vacinação, mudanças climáticas, câncer, vida em marte, modificação genética de bebês e por aí vai.

Confira abaixo a programação:

Campinas
• Botequim de Barão - Avenida Santa Isabel, nº 513, Barão Geraldo.
• Da Vinci Bar - Rua Dr. Sampaio Ferraz, nº 503, Cambuí.
• Bar Lado B - Avenida Albino J. B. de Oliveira, nº 1240, Barão Geraldo.
• Maria Bonjour Bar - Rua Ana Maria de Souza, nº 26, Barão Geraldo.
• Casa de Cultura Fazenda Roseira - Rua Domingos Haddad, nº 1, Residencial Parque da Fazenda.

Segunda | 19h às 21h30
Botequim Barão- Átomos e Universo
Da Vinci Bar - Perícia e Investigação
Lado B - Ciência x Desinformação
Maria Bonjour - Violências Urbanas

Terça | 19h às 21h30
Botequim Barã - Jogos Digitais
Da Vinci Bar - Edição Genética
Lado B - Línguas Indígenas
Maria Bonjour - Ciência e Drogas

Quarta | 19h às 21h30
Botequim Barão- Gênero e Transgênero
Da Vinci Bar - Evolução Biológica
Lado B - Desastres Ambientais
Maria Bonjour - Futuro do Veículos
Casa de Cultura Fazenda Roseira - Identidade Nacional + Previdência social

Confira a programação de São Paulo aqui.

Reunião negocial com o IPT acontece na quarta-feira (22)

Depois de meses de espera e muita cobrança, o IPT agendou a primeira reunião negocial da campanha salarial 2019/20. O encontro acontece na quarta-feira, dia 22, a partir das 10h, na sede do instituto.

Considerando o tempo que o IPT teve para analisar a pauta de reivindicações, o SINTPq espera que a diretoria do instituto apresente uma proposta satisfatória. Caso esse seja o resultado da reunião, outra assembleia será convocada para deliberar as condições oferecidas.

Fique atento aos próximos comunicados e acompanhe o andamento da campanha salarial.

Fiscais do Trabalho criticam governo e defendem normas de segurança

A intenção do governo de "simplificar" as normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, anunciada no começo da semana, é criticada pelos auditores-fiscais, por meio do Sinait, sindicato nacional da categoria. A entidade lembra que as NRs começaram a ser implementadas ainda no período da ditadura, quando o Brasil era "campeão mundial" de acidentes. "De lá para cá, o cenário melhorou muito, em grande parte graças ao esforço de construção das NRs e da Fiscalização do Trabalho", afirma o sindicato, em nota, lembrando que ainda há "um longo caminho a percorrer para alcançar uma situação que seja, no mínimo, aceitável".

De acordo com a entidade, nos últimos seis anos ocorreu um acidente de trabalho a cada 49 segundos, "o que levaria qualquer governo a adotar medidas diametralmente opostas ao que se anuncia". Ainda mais, acrescenta o Sinait, em um mercado de trabalho caracterizado pelo alto índice de informalidade. "É preciso investir muito mais para reverter a situação de insegurança e insalubridade nos ambientes de trabalho. Não o contrário."

Da mesma forma que aconteceu com a "reforma" trabalhista, o governo trata as medidas como "modernização". Não por acaso, o anúncio das possíveis mudanças foi feito pelo secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o ex-deputado Rogério Marinho, do PSDB, que não foi reeleito em 2018, mas se notabilizou pelo texto final da reforma da legislação, que resultou na Lei 13.467.

Para o Sinait, afirmar que a legislação das NRs não é moderna, como dizem empresários e governo, é algo questionável, pois as normas regulamentadoras "são construídas em comissões tripartites – com representantes do governo, de empregados e empregadores", além de haver um processo contínuo de discussão. "A grande maioria das 37 NRs passou e passa por atualização constante para adequá-las à legislação e à realidade do mundo do trabalho."

Foi o que aconteceu, por exemplo, com a NR 12, que trata de segurança em máquinas e equipamentos. Reunida neste mês em Brasília, a Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) aprovou um novo texto, que deverá passar por uma última revisão antes de ser publicado, em junho.

por Redação Rede Brasil Atual

VAGAS T&E ANALÍTICA

Desenvolvedor Fullstack

Principais atividades: Desenvolvimento interno, levantamento de requisitos, mapeamento de processos, realizar modelagem de dados, definição do cronograma, negociação de prazos e escopo.

Requisitos:

• .Net/ ASP.Net Webforms/ C#
• HTML5 / Javascript / Jquery
• SQL-Server

Diferencial:

• Framework DevExpress
• Padrão MVC
• .Net Core

Envie seu CV para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Assinar este feed RSS