Setembro Amarelo: SINTPq reforça importância das ações em prol da saúde mental no trabalho

10/09/2021

No Brasil, todos os dias cerca de 32 pessoas dão fim a própria vida. O número corresponde a uma morte a cada 45 minutos, segundo o  Centro de Valorização da Vida (CVV).

A campanha do Setembro Amarelo é um alerta constante para os problemas mentais que podem levar a situações de suicídio que podem ser desencadeadas por vários fatores, entre eles, medidas opressivas e tóxicas nas relações de trabalho, desemprego crescente, problemas familiares, entre outras inúmeras causas associadas à depressão, segundo a assessoria de Saúde e Previdência da Federação dos Químicos do Estado de São Paulo (Fetquim-CUT).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 300 milhões de pessoas no mundo têm depressão e este será o principal problema de saúde no mundo em 2050. De acordo com reportagem do El País, o isolamento necessário para conter a disseminação do novo coronavírus contribuiu para aumentar em 250% as consultas e informações quanto à prevenção de suicídio na Espanha.

O papel do SUS e do CVV na prevenção contra o suicídio

Na rede pública, a indicação é procurar os Centros de Apoio Psicossocial (CAPS) do Sistema Único de Saúde (SUS). Por lá, é possível marcar uma consulta com um psiquiatra ou psicólogo. O Centro de Valorização da Vida (CVV), fundado em 1962 em São Paulo, faz um apoio emocional e preventivo do suicídio pelo número 188. Os trabalhadores também podem procurar os Centros de Atenção Psicossocial (CAPSs), que também são a porta de entrada para buscar ajuda.

Atuação do SINTPq

O SINTPq possui canais para receber denúncias envolvendo assédios e ambientes hostis de trabalho. Quando essas denúncias ocorrem, as empresas são procuradas e o sindicato inicia tratativas sobre o assunto, visando sempre soluções práticas. 

É possível denunciar pelo WhatsApp (19) 97416-5418 e no e-mail comunicacao@sintpq.org.br. Quem preferir não se identificar, pode utilizar o canal de denúncias disponível no site do sindicato.

A comunicação do SINTPq também aborda a questão da saúde mental constantemente no SindCast. Confira a seguir os episódios relacionados ao tema, gravados com especialistas na área.

*Com conteúdo de Redação CUT