Inflação de abril caminha para ser a maior em 27 anos, aponta prévia

Em 12 meses, o indicador acumula alta de 12,03%, acima dos 10,79% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores

27/04/2022

Conhecido como uma prévia da inflação oficial, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) atingiu em 1,73% em abril, percentual ainda maior dos 0,95% registrados em março. Os dados foram divulgados na última quarta-feira, dia 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a maior taxa para abril desde 1995, quando ficou em 1,95%.

Em 12 meses, o IPCA-15 acumula alta de 12,03%, acima dos 10,79% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. No ano, os preços subiram em média 4,31%.

Com alta de 7,51%, a gasolina foi a principal responsável pela alta da inflação no mês, respondendo por 0,48 ponto percentual. Houve altas acentuadas também do diesel (13,11%), do etanol (6,6%) e do gás veicular (2,28%), levando a alta dos transportes a 3,43% na prévia do mês.

Alimentos cada vez mais caros, confira as principais altas:

• tomate: 26,17%
• leite longa vida: 12,21%
• cenoura: 15,02%
• óleo de soja: 11,47%
• batata-inglesa: 9,86%
• pão francês: 4,36%