Menu

Sindicato e CPqD finalizam discussão sobre assistência médica

O SINTPq esteve reunido na terça-feira, dia 20, com representantes do CPqD para debater o plano de assistência médica. Conforme informado anteriormente, a direção do Centro cogita implementar o sistema de coparticipação, no qual os funcionários costeariam um percentual das consultas e exames. Após realizar estudos, a empresa apresentou as seguintes possibilidades durante as conversas:

  • • Manutenção do modelo atual (sem coparticipação) com reajuste de 18% na mensalidade do plano de assistência médica;
  • • 30% de coparticipação em consultas e 20% em exames com reajuste de 11,62% na mensalidade;
  • • 30% de coparticipação em consultas e 30% em exames com reajuste de 5% na mensalidade.

A diretoria do Sindicato se manifestou favorável a primeira opção para este ano, uma vez que o ônus ao trabalhador seria menor, e sugeriu que futuras mudanças sejam discutidas com antecedência e adequadamente junto aos funcionários, por meio de assembleias e debates. O CPqD, por usa vez, informou que irá avaliar o assunto com sua direção para definir as opções a serem adotadas.

Mudanças desse tipo, ainda mais em um benefício histórico e importante como esse, devem ser acompanhadas de diálogo com os trabalhadores e o Sindicato. Dessa forma, será possível encontrar alternativas democráticas e benéficas para ambas as partes.

O SINTPq já deixou claro que, caso a empresa imponha essa alteração sem discussão e aprovação dos trabalhadores em assembleia, poderá tomar as medidas judiciais cabíveis.

voltar ao topo