Menu

2º Tsunami da Educação toma as ruas e prepara Greve Geral

O segundo ato do #tsunamidaeducação levou o povo brasileiro às ruas contra os cortes de verbas na educação e contra a reforma da previdência. Em Campinas, as manifestações ocorreram nas ruas do centro e o SINTPq esteve novamente presente para defender os investimentos em pesquisa e a seguridade social.

Atos como esse aconteceram em quase 200 cidades de norte a sul do Brasil ao longo da última quinta-feira (30), reunindo milhares de pessoas.

Em São Paulo, uma multidão se reuniu no fim da tarde, no Largo da Batata, na zona oeste da cidade. O ato teve apoio de diversas centrais sindicais, além do sindicato dos professores de São Paulo, saúde, entre outros.

Os protestos também serviram de convocatória para a Greve Geral contra as medidas de redução de direitos do governo de Jair Bolsonaro (PSL), no dia 14 de junho.

Confira os atos no interior de São Paulo e nos demais estados dos país

A imagem pode conter: 2 pessoas, multidão e atividades ao ar livre

Na cidade de Campinas, o ato contra os cortes na educação e a reforma da Previdência reuniu milhares de pessoas no Largo do Rosário.

Em Sorocaba, os estudantes gritaram que "Balbúrdia é seu 'desgoverno'", "Quem não se informa, aceita qualquer reforma!"

UNE

Em Boituva, o recado dos estudantes do Instituto Federal foi curto e direto: tira a mão do meu IF! 

Salvador - BA

Elziane França   

São Luís - MA

Elielson Silva

Belém - PA

Recife - PE

voltar ao topo