Menu

Licença paternidade ampliada contribui para o desenvolvimento das crianças

Ser pai significa estar presente, ser uma fonte de apoio. Nos primeiros dias de vida dos filhos, essa presença é ainda mais importante. Por isso, há anos o SINTPq luta para ampliar a licença paternidade além dos cinco dias previstos na CLT. Esse trabalho vem dando resultado e, hoje, a maioria das empresas da categoria contam com períodos maiores, que chegam a 30 dias.

Psicólogos afirmam que o contato que uma criança tem com seu pai, nos seus primeiros meses até o sexto ano, é extremamente importante para a socialização e aumento dos estímulos cerebrais.

Segundo pesquisa feita pela National Academy of Sciences, a participação ativa dos pais é essencial para desenvolvimento cognitivo e socioemocional na primeira infância. O fortalecimento dos vínculos estabelecidos nesse período estimula o seu desenvolvimento e aprendizagem.

A mesma pesquisa afirma também que a paternidade tende a deixar os homens menos agressivos e mais sensíveis. Essa nova realidade pode proporcionar maior produtividade e atenção, como também a redução do estresse proporcionado pelas atividades no trabalho.

O aumento da licença paternidade é uma luta que o SINTPq tem em todas suas campanhas e negociações. Na visão de Régis Norberto, diretor do SINTPq, essa bandeira é mais uma demonstração de que o trabalho sindical não envolve apenas reajustes salariais, mas avanços nas condições de vida como um todo.

"As vitórias que conseguimos até aqui mostram que, quando sindicato e trabalhadores se mobilizam, é possível pautar avanços e torná-los realidade. Cada trabalhador da categoria que usufruir da licença paternidade ampliada deve ter em mente que esse benefício foi fruto de um trabalho conjunto, promovido todos os anos pelo SINTPq nas campanhas salariais", afirma Norberto.

Confira abaixo as empresas nas quais o sindicato já conquistou esse benefício:

FACTI - 30 dias corridos
CPqD - 20 dias corridos
Daitan - 20 dias corridos
FIPT - 20 dias corridos
IPT - 20 dias corridos
Venturus - 15 dias que podem ser tirados no momento escolhido pelo funcionário, além dos cinco dias determinados na legislação
CNPEM - 10 dias corridos
Fundação Ezute - 10 dias corridos
Fundag - 10 dias corridos
Oxitec - 10 dias corridos
SIDIA - 10 dias corridos
Syntech - 10 dias corridos
Von Braun - 10 dias corridos
Eurofins - 7 dias corridos
NXP - Concorda em oferecer férias no nascimento da criança

voltar ao topo