Menu

Amazul: Após fim do fretado, SINTPq encaminha ação judicial em defesa dos sindicalizados

Na tarde de ontem (29), o SINTPq esteve reunido com seu jurídico para discutir a situação do transporte fretado na Amazul. Toda a documentação necessária foi entregue e, após concluir a peça, o escritório entrará com ação na sexta-feira, dia 6 de setembro.

Quinta-feira, dia 5, o sindicato fechará a lista contendo o nome de todos os sindicalizados que farão parte da ação e, em caso de vitória, serão beneficiados. Os trabalhadores e trabalhadoras que se associarem até essa data terão seus nomes inclusos na relação do processo. Se você já é sócio do SINTPq, entre em contato e verifique se sua situação está regularizada junto à entidade.

A ação pedirá o retorno imediato do fretado e o não desconto de até 6% nos salários, valor referente ao Vale Transporte. O escritório buscará uma liminar com tutela antecipada, o que garantiria o cumprimento imediato de qualquer determinação judicial. Dessa forma, em caso de decisão favorável, a Amazul seria obrigada a cumprir, mesmo tentando recursos.

O SINTPq não fará promessas de vitória, pois a decisão estará nas mãos do poder judiciário. Entretanto, o sindicato assume o compromisso de despender todos os esforços e recursos necessários na luta em defesa dos seus associados, uma vez que são eles os principais mantenedores e a razão da existência da entidade.

Ainda não é sindicalizado? Para registrar sua associação, basta preencher o formulário disponível no link.

Lutando em várias frentes

Além do transporte fretado, a direção do SINTPq segue trabalhando em outras questões fundamentais para os trabalhadores. No dia 20 de agosto, dirigentes do sindicato se reuniram com representantes da Amazul e discutiram a situação do PAMSE, questões relacionadas aos ranchos e as relações sindicais de modo geral. Ao término do encontro, o SINTPq solicitou agenda no mês de setembro para o início das negociações da campanha salarial 2020. Enquanto isso, os dissídios coletivos de 2018 e 2019 seguem em andamento na Justiça do Trabalho.

voltar ao topo