Menu

Trabalhadores da Daitan recusam contraproposta para campanha salarial

Durante a assembleia na última terça-feira (13), os trabalhadores e trabalhadoras da Daitan debateram e optaram por recusar a contraproposta feita pela empresa. A assembleia contou com uma boa participação e novos encaminhamentos foram aprovados.

Confira abaixo alguns dos pontos que serão levados para reunião negocial:

• Reajuste nos salários e benefícios de acordo com o IPCA do período e acréscimo de 2%

• Resgate da previdência a partir de 3 anos para todos os empregados. No caso de profissionais desligados sem justa causa, o resgate poderá ser feito sem prazo específico, como ocorre hoje

• Licença paternidade de 30 dias, com estudo para que no futuro haja igualdade com a licença maternidade (formalizar compromisso)

• Ajuda de custo para os trabalhadores em home office feito de forma proporcional com base no valor de R$ 150,00

• Licença nojo de 5 dias úteis

• Incluir ascendente no estudo do modelo de assistência médica (formalizar compromisso)

O SINTPq agendará uma nova reunião com a diretoria da Daitan para debater as reivindicações feitas em assembleia. Conforme a negociação avance, os trabalhadores serão avisados.

voltar ao topo