Menu

Contraproposta do CPQD é aprovada e trabalhadores encerram campanha salarial

Em assembleia com expressiva participação, realizada na manhã de hoje (17), os profissionais do CPQD aprovaram por ampla maioria a contraproposta da empresa. Em um universo com 286 participantes simultâneos na videoconferência, foram registrados apenas 4 votos contrários e 5 abstenções. Os demais se manifestaram favoráveis às condições oferecidas.

A contraproposta foi construída após quatro reuniões negociais e muito diálogo entre as partes. Como a direção do CPQD afirmava que seria inviável conceder aumento real, o sindicato sugeriu o pagamento de um abono. A empresa concordou com a sugestão do valor de R$ 1.500,00 a serem depositados em um "cartão premiação" da Alelo. O CPQD se comprometeu a realizar esse pagamento em até 90 dias.

Em relação ao reajuste nos salários e benefícios, o índice praticado será de 3,92%, referente ao IPCA do período. Outras questões como a coparticipação no plano médico e uma política de home office serão discutidas posteriormente com a participação dos funcionários. Também foram acrescentados no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) os itens de banco de horas, horário flexível e controle de ponto por exceção.

Na visão do SINTPq, foi possível construir um bom acordo, sobretudo diante da atual conjuntura de crise sanitária e econômica. Em muitas empresas da categoria, está sendo preciso muita luta e insistência para conquistar ao menos a recomposição inflacionária. Outro fator positivo desta campanha salarial foi a abertura para a discussão de outros importantes pontos em breve.

É uma satisfação muito grande para o SINTPq conseguir encerrar uma boa campanha salarial no momento em que completa 30 anos de vida. Como todos sabem, o sindicato nasceu no CPQD e nele esteve ao longo dessas três décadas, em momentos bons e em momentos difíceis, sempre contando com o apoio dos funcionários e funcionárias. Que venham mais muitos anos de convivência, lutas e conquistas.

voltar ao topo