Menu

Amazul: SINTPq estuda medidas em relação ao PAMSE

Como se os recentes ataques aos profissionais da Amazul já não fossem danosos o suficiente, a direção da empresa anunciou novo reajuste no PAMSE nesta semana. Os percentuais descontados passarão para 6% e 5%, para funcionários e seus dependentes, respectivamente.

O jurídico do SINTPq está analisando se existe possibilidade de ação judicial contra o reajuste. Caso a resposta seja positiva, será movido um processo em defesa dos sindicalizados. Quando a análise do escritório de advocacia for concluída, os trabalhadores serão informados se a luta pela via judicial é possível ou não.

A direção do sindicato recomenda aos trabalhadores que não deixem o PAMSE neste momento, pois isso causaria a inviabilidade e o término do mesmo. Caso não haja alternativas possíveis dentro do PAMSE, outras modalidades poderão ser estudadas. Até lá, é importante que o benefício continue existindo.

voltar ao topo