Logo
Imprimir esta página

IPT 120 anos: SINTPq e trabalhadores participam de sessão solene na Alesp

A manhã de hoje, dia 6, foi marcada pela celebração dos 120 anos do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A sessão solene contou com a participação de autoridades, representantes do IPT e funcionários do Instituto. Compondo a mesa, estiveram presentes a deputada estadual Beth Sahão, o presidente do IPT Jeferson de Oliveira Gomes, o secretário-executivo da SDECT Américo Sakamoto e a presidente do Conselho de Representantes dos Empregados (CRE) Ros Mari Zenha.

O SINTPq marcou presença juntamente com os trabalhadores e o seu tradicional bonecão, que faz alusão à importância dos profissionais da instituição. Em seu breve discurso, o dirigente sindical Régis Norberto valorizou os trabalhadores e trabalhadoras, passados e atuais, que foram e são os verdadeiros merecedores dessa homenagem.

O evento foi uma iniciativa da Frente Parlamentar Suprapartidária em Defesa das Instituições Públicas de Ensino, Pesquisa e Extensão. A frente foi inicialmente instituída e coordenada pelo ex-deputado estadual Carlos Neder e hoje é dirigida pela parlamentar Beth Sahão. 

Durante esta semana, também ocorreu a “Feira Alesp Consciência”, que reuniu 12 pôsteres do IPT em exposição no hall monumental da Alesp, ao lado de outros materiais exibidos por diferentes institutos de pesquisa e universidades de São Paulo.

“Na medida em que não se investe naquilo que os nossos pesquisadores, professores e cientistas têm condições de fazer, você tem que comprar essa tecnologia de fora. Essa feira não é apenas para mostrar aquilo que eles fazem, as tarefas que desenvolvem, os produtos que eles pesquisam, a ciência que eles produzem, mas é também uma forma de trazer aqui um pedido de socorro”, afirmou a deputada em entrevista para a rede TVT.

Nesta semana, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) anunciou o cancelamento de 5.613 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Nos oito meses do governo Bolsonaro, já foram extintas 11.811 bolsas de estudos.

© 2014 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR - PANDORA SOL