Campanha Salarial: Fundepag é a única empresa da categoria que não iniciou negociações

O SINTPq seguirá cobrando e espera que a Fundepag reveja sua postura

05/08/2022

Mesmo com três cartas solicitando o início das negociações – enviadas nos dias 31/05, 20/06 e 01/07 – e diversos e-mails de cobrança, a Fundepag sequer se prestou a responder oficialmente o SINTPq. Com isso, a empresa se tornou a única da data-base agosto a não iniciar as negociações. Todas as demais empresas da categoria já concluíram a campanha salarial ou estão em processo negocial.

A demora da empresa prejudica diretamente seus funcionários, que, diante da alta inflacionária, seguem sem perspectiva sobre o reajuste nos seus salários e benefícios. A inflação está na casa dos 11% há meses, o que corrói gravemente o poder de compra de todos e todas.

Para o trabalhador e trabalhadora que não recebeu nenhum retorno desde o dia da assembleia, realizada em 24/05, prevalecem o desânimo com a Fundação e a impressão de que o assunto não é tratado com a seriedade que exige. Esse sentimento é trazido ao SINTPq, inclusive, pela diretora Fabiana Ramos, que está próxima da base.

O SINTPq seguirá cobrando e espera que a Fundepag reveja sua postura. Os trabalhadores e o sindicato cumpriram seu papel definindo a pauta reivindicatória com antecedência. Não é justo que a empresa manifeste tamanho descaso com o processo negocial.