Amazul apresenta contraproposta incerta e abaixo da inflação

O reajuste salarial oferecido foi de 7%, valor abaixo do IPCA do período (10,06%)

25/05/2022

No fim do dia de ontem, 24 de maio, a Amazul apresentou sua contraproposta para a campanha salarial 2022. O reajuste salarial oferecido foi de 7%, valor abaixo do IPCA do período (10,06%) e ainda mais distante do valor pleiteado na pauta reivindicatória (15,51%). Como se essa discrepância não fosse suficiente, caso aprovado, o reajuste seria retroativo a março, e não a janeiro, como determina a data-base. Além disso, os benefícios não seriam corrigidos. Os demais itens do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) permaneceriam inalterados.

CONFIRA O DOCUMENTO DA CONTRAPROPOSTA

Outro fator fundamental dessa contraproposta é seu componente de incerteza. Em seu ofício ao sindicato, a Amazul afirma: “Este reajuste fica condicionado à concessão de ampliação de créditos na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2022 da Amazul, cabendo salientar que tal ampliação poderá ser caracterizada como Projeto de Lei, e assim, ter que ser submetido à aprovação pelo Congresso Nacional.”

Como as condições apresentadas não são inteiramente sólidas, o SINTPq está verificando com seu jurídico o melhor caminho a ser seguido. É preciso verificar como se dará a convocação de assembleia diante dessas circunstâncias. Em relação ao prazo de 30 de junho dado pela Amazul para assinatura do ACT, a lei mencionada pela empresa veda favorecimentos e promoções para servidores, não havendo impeditivo para recomposição salarial.

Considerando os fatores acima, a diretoria do sindicato analisará qual procedimento deve ser adotado diante dessa contraproposta que, mesmo com uma eventual aprovação, dependeria de elementos terceiros para se consolidar. Novas informações serão enviadas aos trabalhadores e trabalhadoras assim que disponíveis. Enquanto isso, mobilize-se! Converse com os colegas e dialogue com o sindicato. Sabemos muito bem que, na Amazul, só a luta traz conquistas.